31 de outubro de 2009

A Psicografia de Chico Xavier e os Meios Jurídicos- escrito por Lauro Denis


















No nosso Direito Penal, há casos de repercussão internacional, cuja decisão judicial se fundamentou em comunicações mediúnicas psicografadas por Francisco Cândido Xavier, nas quais os Espíritos das vítimas de homicídio inocentaram os respectivos réus. Os casos mais conhecidos são os seguintes :

a) Crime de homicídio, ocorrido em Goiânia de Campina, Goiás, em maio de 1976, praticado por José Divino Gomes contra Maurício Garcez Henriques.

b) Crime de homicídio, acorrido em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, em março de 1980, praticado por José Francisco Marcondes de Deus contra a sua esposa Cleide Maria, ex-miss Campo Grande;

c) Crime de homicídio em Goiânia, nos anos 70. Henrique Emmanuel Gregoris, morto, psicografou cartas dividindo a responsabilidade da sua morte com seu algoz.

Em face desses três casos, a questão que se levanta é a seguinte : É juridicamente admissível, como prova judicial, mensagens psicografadas que digam respeito à determinação de responsabilidade penal ou de direitos e obrigações civis ? A resposta é afirmativa, desde que se trate de prova subsidiária e em harmonia com o conjunto de outras provas não proibidas no Sistema Geral do Direito Positivo.

http://www.terraespiritual.locaweb.com.br/espiritismo/artigo871.html



30 de outubro de 2009

Fatos sobrenaturais são chamariz para grandes bilheterias





"De uma forma mais macabra, filmes como O Exorcista (William Friedkin, 1973) e O Iluminado (Stanley Kubrick, 1980) conseguiram se promover por conta de questões sobrenaturais que suas próprias tramas incitavam. A tensão dos bastidores e as estranhas mortes de supostos envolvidos na produção não mais soaram como autopromoção, mas sim como ação do "diabo".

No documentário The Fear of God: 25 years of 'The Exorcist' (O Medo de Deus: 25 anos de 'O Exorcista', 1998), o diretor William Friedkin conta que o set de filmagem pegou fogo por causa de um defeito no ar condicionado. Alguns técnicos do estúdio também acabaram feridos por conta da exigência de manutenção de aparelhos e objetos nas cenas (um deles perdeu o dedo ao manusear uma serra para cortar madeira) e até a atriz Ellen Burstyn feriu a coluna depois de ser jogada contra um armário na gravação.

Há quem diga que, nos bastidores, a equipe de produção da Warner chamou um verdadeiro padre exorcista para abençoar o set e livrar todos os envolvidos de uma possível maldição. Friedkin, porém, nega os rumores.

"Para nós foi ótimo porque tínhamos um filme maldito. Não desmentíamos a lenda porque era interessante manter o mito", contou ele, com um sorriso no rosto.

Das nove pessoas que supostamente morreram durante as filmagens, apenas duas eram diretamente ligadas ao filme: o ator Jack MacGowran, vítima de uma pneumonia, e o segurança do estúdio, que foi baleado em uma tentativa de assalto. As outras sete eram nada mais que parentes ou amigos de algum envolvido da produção. Claro que os boatos não podiam ser desmentidos.

Outra lenda citada pelos fãs de terror é que após gravar O Iluminado, a atriz Shelley Alexis Duvall teria ficado louca com a macabra trama em que o vigia de um hotel (Jack Nicholson) era lentamente tomado por espíritos malignos. Tudo porque na época do lançamento, Shelley não quis participar das premières do filme. A ausência tinha lá seus motivos: ela estava irritada com o diretor Stanley Kubrick, que gritava e a chamava de incompetente nas filmagens.

Kubrick queria incitá-la a ficar cada vez melhor e mais amedrontada nas cenas em que era perseguida por seu marido no hotel. Resultado: os gritos de Shelley ficaram marcados na história do terror. Sair correndo enlouquecida virou padrão para produções B que chegariam apenas nos anos 1980. Prova de que uma lenda pode mesmo ser positiva para transformar um filme em um clássico." (http://www.tvcanal13.com.br/noticias/fatos-sobrenaturais-sao-chamariz-para-grandes-bilheterias-49208.asp)

29 de outubro de 2009

Formulário para análise




Para analisar os documentos que trabalharemos  em  nosso trabalho final utilizaremos o formulário descrito logo abaixo.


-FUNDO: Pessoa/organização produtora do arquivo.
-ESPÉCIE: Divisão de gênero documental que reúne tipos documentais por suas características comuns de estruturação e formatação.
-DENOMINAÇÃO: Nome do tipo documental.
-DEFINIÇÃO: Usar como base a atividade que produziu o tipo documental.
-CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO: Usar como base o plano de classificação da pessoa/organização.
-CLASSE: Meio pelo qual a mensagem é transmitida. (textual, gráfica,...)
-SUPORTE: Material onde a mensagem é transmitida. (papel,...)
-FORMATO: Configuração física do documento. (Livro, arganel,...)
-FORMA: original ou cópia.
-PRODUTOR: Por qual organização ou pessoa física o documento foi criado.
-DESTINATÁRIO: A quem o documento se destina.
-TRÂMITE: Descrição do processo gerador do documento.
-DOCUMENTOS BÁSICOS QUE COMPÕEM O EXPEDIENTE: Documentos que surgem durante o trâmite.
-ORDENAÇÃO: Pode ser cronológica, alfabética, geográfica, por assunto,...
-CONTEÚDO: Quais são os índices auxiliares mais úteis para a recuperação do tipo documental.
*Pessoas: Pessoas jurídicas e/ou físicas citadas no documento;
*Lugares: Locais citados no documento;
*Assunto: Qual é o assunto do documento, do que se trata:
*Datas: Datas relevantes citadas no documento.
-Tópica: Local
-Cronológica: Dia e ano
-SINAIS DE VALIDAÇÃO: Carimbos de cartório, carimbos de empresas,...
-ELIMINAÇÃO: Se os documentos serão guardados permanentemente ou se serão eliminados.
-ACESSO: Se é aberto ou restrito.

11 de setembro atrasado

Algumas imagens "premonitórias" referentes ao atentado de 11 de setembro de 2001...

"1ª imagem e uma das mais impressionantes, é cortesia do serviço de correios dos EUA:

A próxima vem de um folder de uma propaganda do próprio WTC, no ano de 1984!:ssa saiu das páginas de uma famosa história em quadrinhos da Espanha, chamada de “Mortadelo y Filemon”, e foi originalmente publicada em 1993 (e não, o destaque tosco no Paint não fui eu que fiz):


Antes de continuar, façamos um intervalinho pra tomar um café-bomba:
E o que vocês acham desta versão do Super-Trunfo, impressa nos anos de 1993 e 1994:
Confirmando que de Mãe Diná e de louco, todo mundo tem um pouco. E que a galera já tinha idéia de que algo parecido podia acontecer, menos o FBI e a CIA (e o Lula, que também nunca sabe de nada)." (http://verdadeabsoluta.net/ironico/11-de-setembro-atrasado)

23 de outubro de 2009

Contexto dos documentos a serem analisados


Olá pessoal!!
Na última aula (dia 16/10) o professor André pediu que escolhessemos o contexto e os documentos que vamos utilizar para o nosso trabalho final. Após muita procura decimos pelos documentos a seguir. Apreciem.

O contexto que vamos trabalhar será baseado em cartas premonitórias sobre ACIDENTES AÉREOS escritas pelo PROF. JUCELINO NÓBREGA DA LUZ.

Sobre Juscelino Luz

"'Não sou vidente, sou premonitor' — é assim que o ambientalista e humanitário Jucelino Nobrega da Luz se definiu em uma entrevista exclusiva ao Diário de Votuporanga. O professor, que afirmou ter sonhos premonitórios durante seis noites por semana, tendo apenas um dia de “descanso”, disse que seu papel é alertar a humanidade para eventos que, provavelmente, poderão acontecer no futuro, com o objetivo de minimizar os problemas causados à comunidade.
“Desde 1969, quando tinha nove anos de idade, que tenho esses sonhos premonitórios, independente de minha vontade. Então, comecei a escrever cartas contando minhas premonições e enviando a pessoas ou autoridades direta ou indiretamente envolvidas. Já emiti mais de 80 mil correspondências, com tudo registrado em cartório, pois tenho o hábito de enviar suas correspondências com AR (Aviso de Recebimento)”, conta, garantindo que suas ações têm apenas o propósito espiritual. “Não recebo nenhuma quantia em dinheiro para isso”, ressalta o ambientalista que mora no município de Águas de Lindóia.
Jucelino ressaltou que previu, por meio de seus sonhos, o desaparecimento do Airbus A-330, da Air France (2009), o atentado às Torres Gêmeas e ao World Trade Center (11/09/2001) e o acidente com o avião da Tam, que bateu contra o prédio da Tam Express (1707/2007).
“Conforme se pode constatar no meu blog, dia 16 de outubro de 2006, sonhei que uma aeronave Airbus A-330, com mais de 200 pessoas, sairia domingo, dia 31 de maio, às 19h, do Aeroporto Tom Jobim com destino a Paris, podendo sofrer uma grande turbulência devido à inconstância climática muito intensa, que provocaria problemas elétricos e vitimaria todos os passageiros. Avisei também que o fato aconteceria nas proximidades de Fernando de Noronha. Enviei as correspondências com esse alerta para a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), Embaixada Francesa, Ministério da Defesa e outros órgãos ligados ao assunto. Na época, as autoridades me responderam dizendo que iam tomar providências necessárias, mas infelizmente, isso não aconteceu e deu-se a queda”.
Segundo ele, sua grande preocupação é voltada ao meio ambiente e às questões humanitárias. “Faz tempo que venho trabalhando na tentativa de alertar os governantes mundiais sobre o grande perigo que a humanidade está correndo”, diz, contando que é ecumênico, mas respeita todas as religiões. “Creio que, para chegar até Deus, precisamos de atitudes boas”.
Conforme consta no seu site, embora a maioria de suas previsões envolva tragédias naturais ou mecânicas, o ambientalista norteia-se por uma filosofia positivista e acredita que seus avisos poderão diminuir e minimizar o sofrimento da raça humana.
”Nas minhas premonições, eu acerto mais do que erro”, comenta. “No entanto, não é isto que me preocupa, pois minha função é alertar a comunidade sobre eventos que provavelmente acontecerão e minimizar os efeitos negativos”.
No site do professor, constam as principais advertências, previstas e realizadas até hoje.
Um exemplo citado na página da internet é o atentado terrorista no World Trade Center, (Nova Iorque). “A primeira carta teria sido escrita em 1989 e endereçada ao então presidente dos Estados Unidos, George Bush (pai). No documento, Jucelino diz que previu que dois aviões iriam atacar as torres do World Trade Center, no dia 11 de setembro de 2001, data que o ataque ocorreu de fato. Diz ainda que os prédios iriam cair por conta dos choques e que muitas pessoas morreriam. Há uma cópia autenticada da carta com data de 26 de outubro de 1989, no 11º. Tabelião de Curitiba (PR)”, divulga o site.
O Tsunami da Ásia também está entre as possíveis premonições do ambientalista. “26/12/2004 - Entre os anos de 1996 e 1998, Jucelino teria escrito várias cartas sobre o tsunami que devastou a Ásia em dezembro de 2004. Uma delas foi enviada à Embaixada da Indonésia”, informa a página na internet.
Uma das maiores tragédias japonesas, o terremoto de Kobe (1995), que matou mais de 6.400 pessoas, também está incluso na lista de premonições de Jucelino. De intensidade 7,3 na escala Richter, em 20 segundos, meio milhão de casas e imóveis foram destruídos, os trilhos das estradas de ferro foram arrancados, as estações de metrô despencaram e as estradas foram danificadas.
Com relação ao caso da menina Isabella Nardoni, em julho de 2007, o professor teria escrito cartas, endereçadas ao Residencial London. Na noite de 29 de março do ano passado, Isabella Nardoni, de cinco anos de idade, foi jogada do apartamento de seu pai localizado no sexto andar do Edifício London no distrito da Vila Guilherme, em São Paulo.

Previsões

A homepage do professor Jucelino é escrita em várias línguas. As boas vindas e explicações gerais sobre o site estão nos idiomas: português, inglês, espanhol, alemão, italiano e francês, além de passagens, em seu blog, traduzidas para o japonês.
No site do ambientalista, consta a previsão de um possível acidente que poderá ocorrer na Serra das Araras - trecho da Rodovia Fernão Dias que liga Bragança Paulista a Pinhalzinho - SP (descoberta após um sonho premonitório). Jucelino já teria enviado uma carta alertando sobre o fato às prefeituras das duas cidades.
Três tufões estão previstos entre os dias 7 e 29 de agosto, e poderão atingir Tókio, no Japão. Um grande incêndio na Austrália poderá acontecer em outubro. Fora isso, atentados terroristas, temporais e catástrofes naturais foram antecipados no site do professor. Mais detalhes, basta acessar http://www.jucelinodaluz.com.br.

Contestação

Segundo o site www.ceticismoaberto.com, o programa Fantástico, da Rede Globo, veiculou, no dia 30 de setembro de 2007, uma reportagem sobre Jucelino Nóbrega da Luz, na qual teria sido descoberta uma farsa. “De acordo com a análise de peritos, as cartas que Jucelino exibe como provas não podem ser consideradas legítimas. ‘Ele gosta de botar um monte de carimbo etc. E com certeza está levando a erro o incauto, que acha que ele realmente previu alguma coisa’, diz o perito grafotécnico Orlando Gonzáles Garcia”, consta no site, que continua: “No miolo dessa carta, os peritos encontraram indícios de que partes do texto foram enxertados depois que a firma foi reconhecida. ‘Nós podemos classificar essas cartas como falsificações grosseiras’, afirma a perita grafotécnica Maria Regina Hellmeister Garcia”, divulga a homepage.
Na página do programa dominical, a reportagem intitulada “Fantástico investiga homem que se diz vidente” não está disponível. “Este vídeo não pertence mais ao catálogo do Globovídeos”, justifica o site."

22 de outubro de 2009

O sobrenatural...


Após termos postado mais atividades relacionadas ao curso para avaliação, entraremos a fundo no tema do blog: o "sobrenatural". Aliás, o que é o sobrenatural? Colocaremos algumas definições retiradas do Wikipédia (pt.wiktionary.org/wiki/sobrenatural):

1- Fenômeno não explicado pela ciência.
2- Aquilo que a ciência ainda não confirma ou tudo aquilo que se refere a coisas não testadas.
3- que ultrapassa o natural; que não obedece às leis da Natureza.
4- que tem relação com fenômenos extraterrenos.
5 - que está acima da natureza humana; sobrehumana.

Todas essas definições levam a um único ponto do que é o sobrenatural, que é algo que não tem explicação.
Abaixo há um texto para introduzirmos o assunto...


-------------------------------------------------------------------------------------------------
"Apesar de que relatos de acontecimentos sobrenaturais já foram muito mais numerosos antigamente, ainda é possível encontrar as histórias mais extraordinárias – e difíceis de acreditar. Duvido inclusive que ninguém próximo à você tenha contado alguma história que jura que é verdade – ou que tenha acontecido com você mesmo. Eu, inclusive não sou exceção. Meu padrinho até hoje jura de pés juntos que atirou em um lobisomem, quando eu era criança. Minha avó conta muitas histórias assim também, e até minha irmã (que é apenas 5 anos mais velha que eu) tem suas histórias estranhas para contar. Se elas são verdade, eu não sei, mas como toda boa história “real”, meu padrinho, minha ave e minha irmã são pessoas cuja credibilidade me impede de acreditar que elas estejam inventando tais histórias (até porque não haveria motivo para tal).


Talvez estejamos longe de ter uma resposta definitiva sobre esta questão. Enquanto isso, nós continuamos nossas vidas, uns acreditando, outros não. Alguns vão continuar ouvindo histórias sobrenaturais...

Outros, vão continuar vivenciando-as..." (http://www.uarevaa.com/2009/09/o-sobrenatural-existe.html)


16 de outubro de 2009

Aplicando o modelo de Madri...

Utilizando os textos dos Arquivistas de Madri aplicados nos documentos municipais, iremos analisar os documentos da empresa MCE-Byte. Analisaremos tipologicamente a tabela de preços, a nota fiscal, a ficha funcional, o pedido e o prospecto.

TABELA DE PREÇOS
Tipo documental:
1.1 Denominação: Tabela de Preços

1.2 Definição: A Tabela de preços é a relação onde consta os preços de determinados Produtos/ serviços para consulta de acordo com o prazo de validade.

1.3 Código: 200.2 (dentro da classe de Finanças - 200)

1.4 Características externas:

- Gênero: textual

- Suporte: papel

- Formato: folha avulsa

- Forma: cópia

2. Setor de produção: Setor de orçamento e finanças

3. Destinatário: Público geral, pessoas interessadas em consultar preços dos produtos/serviços oferecidos.

4.Legislação:

5. Trâmite:

- Pesquisa e consulta de preços do mercado.

- Composição de custos e designação dos produtos/serviços.

- Confecção.

- Disponibilização aos interessados.

6.Documentos básicos que compõe o expediente: É um documento simples que deve constar:

- Logo da empresa

- Contatos da empresa

- Nome do serviço/produto oferecido

- Preços - Período de validade

7. Ordenação da série: Cronológica

8. Conteúdo:

- Preços

- Serviços/produtos

9. Vigência administrativa: Até vencer o prazo de validade.

10. Eliminação
Deve ser eliminado de acordo com a Tabela de Temporalidade dos documentos da empresa.

PEDIDO DE VIAGEM
1.Tipo documental

1.1 Denominação: Pedido

1.2 Definição: documento pelo qual o interessado em realizar uma das viagens virtuais da empresa assina solicitando-a e autoriza o implante de memória na massa encefálica optando por uma das técnicas oferecidas.
1.3 Código: 100.1 Pedido
1.4 Caracteres externos
- Classe: Textual
- Suporte: Papel
- Formato: Metade de folha A4
- Forma: cópia

2. Oficina produtora:
MCEbyte Viagens Virtuais

3. Destinatário:
MCEbyte Viagens virtuais

4. Legislação

5. Trâmite:
- Pessoa interessada em realizar alguma das viagens virtuais solicita o pedido de viagem em uma das filiais da empresa. Assina optando pelo destino e autorizando o implante de memória na massa encefálica de acordo com umas das técnicas.
- O interessado declara concordar como todos os termos do contrato- padrão da MCEbyte, eximindo a empresa de qualquer responsabilidade quanto a danos, de qualquer natureza, assina o nome completo juntamente com outros dados pessoais.
- Devolve o pedido a empresa MCEbyte.

6. Documentos básicos que compoem o expediente:
- Documentos que expliquem como é a viagem vitual de cada destino.
- Documentos que expliquem as técnicas de implante de memória.

7. Ordenação da série:
Alfabética (Pelo nome do Cliente)

8. Conteúdo:
- Pessoas: Pessoa interessada em realizar viagem virtual e MCEbyte.
- Assunto: Viagem virtual através de implante de memória na massa encefálica.

9. Vigência administrativa:
Até que seja retirado o implante de memória do cliente e que se comprove que este não ocasionou nenhum dano à sua saúde.

10. Eliminação:
Após o cumprimento da vigência administrativa será eliminado.

NOTA FISCAL

1. Tipo Documental

1.1 Espécie: Nota Fiscal

1.2 Definição: A nota fiscal é um documento fiscal ou serviço de que tem por fim o recolhimento dos imposto.

1.3 Código: 200.1

1.4 Caracteres Externos:

- Classe: Textual

- Suporte: Papel Formato: Folha avulsa

- Forma: Cópia

2. Local de produção: MCEbyte

3. Destinatário: Consumidor

4. Legislação: Lei º 8.846, de 21 de Janeiro de 1994.

5. Trâmite: O cliente vai a loja, adquire o produto, a loja emite a nota fiscal do produto, o cliente guarda a nota fiscal para que possa utilizá-la como prova da compra.

6. Documentos básicos que compõem o expediente: Documento simples.

7. Ordenação da serie: cronológica

8. Conteúdo:

- Pessoas; o interessado. Lugares;

- Assuntos: emissão de nota fiscal

9. Vigência administrativa: 5 anos

10. Destinação: Eliminação após a vigência administrativa.

PUBLICIDADE
1. Tipo documental
1.1 Denominação: Publicidade
1.2 Definição: é uma atividade profissional dedicada à difusão pública de idéias associadas a empresas, produtos ou serviços, especificamente, propaganda comercial.
1.3 Código: 012.3 (dentro de campanhas institucionais)
1.4 Características externas:
- Gênero: textual
- Suporte: papel
- Formato: folha avulsa
- Forma: original
2. Setor de produção: Setor de publicidade
3. Destinatário: Público geral, pessoas interessadas em viajar.
4. Legislação:
5. Trâmite:
- Pesquisa e consulta de preços do mercado.
- Composição de custos e designação dos produtos/serviços.
- Confecção.
- Disponibilização aos interessados.
6.Documentos básicos que compõe o expediente: É um documento simples que deve constar:
- Logo da empresa
- Contatos da empresa
- Nome do serviço/produto oferecido
7. Ordenação da série: Cronológica
8. Conteúdo:
- nome dos produtos oferecidos
- Serviços/produtos

10. Eliminação
Deve ser eliminado de acordo com a Tabela de Temporalidade dos documentos.
FICHA FUNCIONAL

1.Tipo Documental
1.1 Denominação: Ficha
1.2 Definição: Ficha onde constam informações sobre os funcionários que trabalham na MCEbyte Viagens Virtuais
1.3 Código:
1.4 Características externas:
- Gênero: Textual
- Suporte: Papel
- Formato: Documento Simples
- Forma: Cópia
2. Produtor: MCEbyte Viagens Virtuais
3. Destinatário: MCEByte
4. Legislação :
5. Trâmite: A empresa MCEByte preenche a ficha funcional do funcionário registrando todas as informações sobre o mesmo. esta ficha serve para fins de pagamento dos funcionários e também identificação.
6. Documentos Básicos que compõe o expediente:
- Nome
- Número de registro
- Data de nascimento
- Endereço
- Telefone
- Filiação
- Número da CTPS
- Número do CPF
- Número do RG
- Conta bancária
- Função
- Data de admissão
- Data da rescisão contratual
7. Ordenação da série: Alfabética
8. Conteúdo:
- Pessoas
- Empresa MCEByte
- Funcionários
Assuntos: Informações específicas sobre cada funcionário que trabalha na empresa
9.Vigência: Vigência administrativa: 5 anos
10. Expurgo: Deve ser eliminado de acordo com a Tabela de Temporalidade dos documentos.

Vídeos

Loading...